EUA confirmam relação entre Zika e microcefalia

Quinta, 14 Abril 2016 09:24

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) concluiu que o vírus zika é responsável pelo desenvolvimento de microcefalia em fetos de mães infectadas. O estudo foi publicado no New England Journal of Medicine.

 

"Agora está claro, o CDC concluiu que o vírus causa a microcefalia", afirmou Tom Frieden, diretor do órgão, nesta quarta-feira (13/04). "Não há nenhuma dúvida de que o zika causa microcefalia." Ele disse que está claro que o zika também causa outros problemas, como calcificação cerebral.

 

Autoridades de saúde do Brasil, onde teve início o surto de microcefalia em recém-nascidos, e a Organização Mundial da Saúde (OMS) já tinham associado a doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti à má-formação cerebral, mas a causa definitiva da doença ainda não tinha sido declarada.

 

Frieden ressalvou, porém, que ainda há várias perguntas sem responder, por exemplo com que frequência o vírus provoca microcefalia. Além disso, os bebês de mulheres grávidas com zika não necessariamente sofrem malformações congênitas, explicou Frieden. "Como se pôde ver na recente epidemia de zika, algumas mulheres infectadas deram à luz bebês que aparentemente são sadios", disse Frieden.

 

Os cientistas do CDC não souberam dizer, porém, se o vírus zika causa doenças neurológicas em adultos, como a síndrome de Guillain-Barré. Os casos da doença aumentaram em países onde há um surto de zika.

 

O Brasil é o país mais afetado pelo vírus zika e já confirmou mais de 1.100 casos de microcefalia, de acordo com o Ministério da Saúde. Segundo Frieden, a má formação é apenas a "ponta do iceberg" dos efeitos perigosos ao cérebro que o zika pode provocar, por isso são necessárias novas pesquisas sobre o vírus.

 

Fonte: DW

Avalie este item
(0 votos)
Passeio1.flv

Itaúna Arte Vídeo Comunicação Produção 
Artística Jornalística Ltda.

A TV Cidade é totalmente voltada aos interesses 
comuns da população. Nossa responsabilidade
é levar até você, um noticiário imparcial e de
qualidade, além de entretenimento por meio de
uma programação educativa, geradas pela
Rede 
Minas e TVI Canal 42, UHF, com uma
produção local e regional.